Pesquisadores estudam como as células-tronco podem contribuir para o tratamento da Covid-19

Pesquisadores estudam como as células-tronco podem contribuir para o tratamento da Covid-19

Pesquisadores paranaenses estudam um tratamento inovador para pacientes com a Covid-19. O grupo desenvolve há 12 anos projetos com células-tronco – encontradas nos tecidos adultos e que possuem grandes propriedades regenerativas. A iniciativa busca apoio financeiro para iniciar a aplicação clínica da proposta no tratamento também da síndrome respiratória aguda grave.

O projeto para o tratamento da Covid-19 desenvolvido pelo Centro de Processamento Celular da Curityba Biotech, vinculada a Universidade Positivo, já está aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa e agora busca o financiamento.

De acordo com a pesquisadora, Moira Leão, doutora em Implantodontia, no caso da insuficiência respiratória aguda grave, as chamadas células-tronco mesenquimais podem atuar no combate à inflamação e na recuperação das lesões no pulmão.

O projeto prevê que os pacientes recebam o tratamento de suporte padrão para a Covid-19 e um dos grupos recrutados para o estudo receberá as células-tronco de doadores saudáveis. Serão selecionados jovens com indicação clínica para remoção dos dentes do siso, por exemplo, como fonte para obtenção das células-tronco mesenquimais.

O professor pesquisador João Zielak, doutor em Processos Biotecnológicos, explica que as células-tronco não são capazes de matar o coronavírus. Elas atuam reequilibrando o organismo.

Depois de conseguir o financiamento necessário para começar os trabalhos, a pesquisa deve seguir por pelo menos um ano.

No entanto, segundo o pesquisador, resultados preliminares já devem ser divulgados nos próximos meses.

O custo da pesquisa com células-tronco ainda é elevado, mas o tratamento é viável. O custo final de uma terapia celular por indivíduo deve se estabilizar próximo ao custo de tratamentos complexos, como de uma quimioterapia, por exemplo. Os interessados em conhecer mais sobre a pesquisa e contribuir financiando a iniciativa podem entrar em contato pelo telefone (41) 3117-3733. Outros detalhes estão no site: curitybabiotech.com.br.

Leave a Reply