Armazenar células-tronco é um ato de amor.

Coleta de células-tronco

O processo de coleta

A realização do processo para o armazenamento de células necessita de algumas etapas fundamentais para o sucesso do procedimento, e a Curityba Biotech se responsabiliza por cada uma das etapas:

Orientar Coleta:
O procedimento de coleta deve ser realizado por um profissional treinado e credenciado pelo Centro de Processamento Celular (CPC) da Curityba Biotech. Após a obtenção do material, o tecido biológico deve ser acondicionado em recipiente adequado para transporte.

Isolamento:
No processo de isolamento, as células-tronco são removidas do interior dos tecidos coletados.

Processamento:
Esta etapa consiste na multiplicação das células para o aumento de seu número e para que se obtenha uma quantidade suficiente para armazenamento seguro.

Armazenamento:
Após a conclusão das etapas anteriores o material é armazenado em nitrogênio líquido. De todo material coletado uma pequena porcentagem é utilizada para controle de qualidade.

Coleta em adultos

O Processo de coleta
A cada dia é mais comum encontrar pessoas que procuram manter hábitos saudáveis para ter uma vida longa e com qualidade. Tratamentos com células podem proporcionar uma esperança de restabelecimento da saúde.

Dentes saudáveis com indicação clínica para extração (ortodontia) e dentes inclusos também possuem células-tronco mesenquimais que podem ser coletadas e armazenadas no CTC da Curityba Biotech. Além disto, tecidos saudáveis oriundos de cirurgias odontológicas, e que teriam como destino o descarte, podem ser utilizados para captação de células de interesse clínico. 

Coleta em crianças

A busca por tratamentos inovadores tem sido constante e a coleta de tecidos saudáveis, ainda na infância, traz uma esperança para a possibilidade de uso no futuro. Pensar no futuro saudável dos filhos faz parte da vida de todos os pais que percebem a possibilidade de benefícios futuros para a saúde de seus filhos, sem qualquer processo invasivo ou que gere conflitos éticos.

Os dentes de leite, que caem naturalmente entre os 5 e 12 anos de idade, contêm células-tronco mesenquimais, e permitem a sua coleta sem qualquer processo invasivo. Estas células são ditas multipotentes, isto é, têm potencial de se transformar em diferentes tipos de tecido.

Armazenar as células dentárias é uma decisão preventiva tomada por muitos pais mundo afora que percebem a possibilidade de benefícios futuros para a saúde de seus filhos, sem qualquer processo invasivo ou que gere conflitos éticos.

Procedimento

O procedimento de coleta das células dentárias é simples e feito no consultório de um dentista credenciado pela Curityba Biotech. O profissional faz a coleta do material e armazena em recipiente específico.

Por que coletar células-tronco?

As terapias com células-tronco oferecem um dos caminhos mais promissores para o tratamento de enfermidades e lesões. As células-tronco mesenquimais são capazes de se diferenciar em outras células e tecidos, isto é, poderiam substituir células e tecidos doentes ou com algum dano permitindo a recuperação dos mesmos.

Nos seres humanos, as células-tronco mesenquimais podem ser encontradas em diferentes partes do corpo, como por exemplo, na medula óssea, nos músculos e tecido adiposo.

A comprovação da existência de células-tronco mesenquimais na polpa dos dentes-de-leite  e em outros tecidos odontológicos abriu a oportunidade de realizar a captação destas células de forma mais segura, simples e eficiente.

Precisa de ajuda? Ligue para nossa equipe no (41) 99234 9202 | 3117-3733

Curityba Biotech | Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Bloco Marrom Sala 111 Curitiba, PR 81280-330