Tire as suas dúvidas, mas deixe-nos saber o que mais você quer saber, preencha o formulário e receba atualizações.

Pacientes

Respostas para as perguntas mais frequentes:
Células-tronco são células indiferenciadas capazes de se multiplicarem inúmeras vezes dando origem a células idênticas em um processo conhecido por mitose ou clonagem. Estas células também possuem a capacidade de se transformarem (diferenciarem) em tipos celulares especializados.
As células-tronco podem ser classificadas em células-tronco do tipo embrionárias e células-tronco adultas.
EMBRIONÁRIAS
As células-tronco embrionárias são oriundas de embriões. Elas são coletadas nos primeiros dias após a fecundação em um estágio de desenvolvimento chamado de blastocisto. Estas células são provenientes de doação consentida de embriões produzidos por fertilização in vitro e, de modo geral, todas as células do blastocisto (embrião total) são coletadas.Estas células são utilizadas basicamente para a pesquisa básica em laboratório e em modelos animais. Até o momento não há aplicação clínica direta deste tipo de células indiferenciadas em humanos no Brasil.
ADULTAS
As células-tronco adultas, DE INTERESSE PARA O ARMAZENAMENTO E POSSÍVEL USO FUTURO, são as células-tronco do tipo hematopoiéticas e as células-tronco mesenquimais. Ambas são classificadas como MULTIPOTENTES, ou seja, possuem uma potencialidade limitada para a diferenciação em tipos celulares específicos.
As células-tronco hematopoiéticas são encontradas em maior quantidade na medula óssea, no sangue do cordão umbilical e placentário, e em menor quantidade no sangue periférico.
As CÉLULAS-TRONCO MESEMQUIMAIS, também são encontradas na medula óssea, no sangue e principalmente no tecido do cordão umbilical, mas também estão presentes em praticamente todos os tecidos do corpo, tais como o tecido adiposo, pele, pâncreas, fígado, polpa dentária, saco pericoronário, papila apical, etc.
 
 
A obtenção das células-tronco mesenquimais  dos tecidos odontológicos é possível graças a um conjunto de procedimentos, que envolvem a manutenção das células por um determinado período de tempo em cultivo celular.
EM CRIANÇAS | DENTES DE LEITE
Os dentes de leite, que caem naturalmente entre os 5 e 12 anos de idade, contêm células-tronco. Estas células são ditas multipotentes, isto é, têm potencial de se transformar em diferentes tipos de tecido.
EM ADULTOS | DENTES SAUDÁVEIS
Dentes saudáveis com indicação clínica para extração (ortodontia) e dentes inclusos também possuem células-tronco mesenquimais que podem ser coletadas e armazenadas no CTC da Curityba Biotech. Além disto, tecidos saudáveis oriundos de cirurgias odontológicas, e que teriam como destino o descarte, podem ser utilizados para captação de células-tronco mesenquimais.
Pesquisas recentes têm demonstrado a presença de células-tronco específicas, presentes em tecidos como, fígado, tecido adiposo, sistema nervoso central, pele etc. A utilização para fins terapêuticos dessas células também tem sido alvo de vários estudos.
As principais fontes de células tronco mesenquimais de origem odontológica são:
Polpa de Dentes Permanentes;
2- Polpa de Dentes Decíduos;
3- Saco Pericoronário do Dente Subjacente ao Decíduo em Exfoliação;
4- Saco Pericoronário do Dente do Siso;
5- Papila Apical;
6- Folículo Dental;
7- Ligamento Periodontal;
8- Medula Óssea Alveolar;
9- Tecido Adiposo (Palato, Bola Adiposa de Bichat, etc).
01. Consulte um dentista credenciado para ver se há a possibilidade clínica de coleta.
02. Contate a Curityba Biotech e informe-se sobre os planos de pagamento.
03. Faça os exames sanguíneos e envie para a Curityba Biotech.
04. Preencha o contrato de prestação de serviço e TCLE, depois efetue o pagamento.
05. Agende a coleta com o dentista e avise a Curityba Biotech da data marcada.

 • Porque existem hoje inúmeras indicações e testes clínicos em andamento que demonstram o potencial das células-tronco mesenquimais para o tratamento de uma lista enorme de doenças.
• Praticamente em todos os tecidos do corpo há MSCs que podem ser acessadas a qualquer tempo. Entretanto, o processo de isolamento e expansão celular pode demorar semanas, inviabilizando tratamentos emergenciais.
• As pessoas nascem com centenas de milhares de células-tronco mesenquimais que, ao longo da vida, são usadas para repor as células perdidas. Assim, quanto mais jovem for o paciente mais células-tronco disponíveis terá, mais fácil será o isolamento e a expansão em laboratório.
• As MSCs obtidas em procedimentos odontológicos tem sido objeto de interesse de muitos pesquisadores em todo o mundo, por suas características de intensa proliferação em laboratório.
• É uma coleta de oportunidade, coletar o material biológico aproveitando um momento de intervenção cirúrgica ou da queda dos dentes decíduos é uma forma de obter o material sem a necessidade de utilizar um acesso mais invasivo, como no caso dos aspirados de medula óssea.
Não. Essas células podem ser encontradas em outros tecidos adultos, tais como tecido adiposo e polpa do dente de leite, na troca de dentição, por volta dos 5-6 anos, sem qualquer trauma ou procedimento com a criança. Mas, lembre-se: à medida que o tempo passa, as células-tronco, como o resto do corpo, envelhecem. No indivíduo adulto, as células-tronco têm menos poder proliferativo e de diferenciação. Além disso, quanto mais jovens as células menor será sua exposição a fatores ambientais, tóxicos, carcinogênicos, poluentes e infecciosos.
As células-tronco, armazenadas em condições adequadas, podem ser mantidas por tempo indeterminado.

Profissionais

Respostas para as perguntas mais frequentes:
O CPC Curityba Biotech irá receber material biológico exclusivamente por meio dos profissionais credenciados. Assim garantimos que a nossa metodologia e quialidade será mantida em todo o processo.
O credenciamento está condicionado à realização do “Curso de Capacitação em Coleta de Material Biológico”, ministrado sob responsabilidade do Responsável Técnico do CPC e/ou seu substituto.

Neste curso são abordados tópicos como:
Conceitos sobre as células-tronco; Atual estado-da-arte; Documentação necessária para o envio do material; Instruções técnicas da coleta; e Legislação vigente.

Além disto, o profissional precisará apresentar os seguintes documentos válidos:
• Contrato de Credenciamento entre a Curityba Biotech e o profissional (original e com reconhecimento de firma);
• Carteira profissional (CRO ou CRM)(cópia);
• CPF ou CNH (cópia);
• Carteira de vacinação atualizada (cópia);
• Alvará de Funcionamento e Licença Sanitária do Estabelecimento em que irá executar os procedimentos de coleta (cópia).
O CPC receberá o material coletado mediante agendamento, portanto, é fundamental que o profissional credenciado avise ao CPC da data e horário do agendamento clínico que realizará o procedimento, para que seja possível preparar os insumos necessários e disponibilizar a equipe de trabalho para receber e processar o material. Além disto, o transporte do Material Biológico até o CPC é de responsabilidade do CPC e, portanto, o CPC precisa indicar ao profissional credenciado um número para o rastreamento do envio, que será fornecido pela empresa parceira do CPC para a realização do transporte.

Precisa de ajuda? Ligue para nossa equipe no (41) 99234 9202

Curityba Biotech | Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Bloco Marrom Sala 111 Curitiba, PR 81280-330